Zoneamento Ecológico-Econômico Preliminar

Feira de Santana recebe primeira audiência pública da etapa 2014 do ZEE

11/03/2014

O Governo do Estado da Bahia, através das Secretarias do Planejamento – Seplan e do Meio Ambiente – Sema, realizou nesta segunda-feira (10/3), no município de Feira de Santana,  localizado a 109 km de Salvador, a primeira audiência pública da etapa 2014 do Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) da Bahia. O evento aconteceu no Centro Cultural Amélio Amorim, e reuniu cerca de 100 participantes, entre prefeitos, vereadores e outras lideranças da região.

A iniciativa visa orientar o planejamento, a gestão e as decisões do poder público, do setor privado e da sociedade em geral, considerando as potencialidades e limitações ambientais e socioeconômicas, tendo por objetivo maior o desenvolvimento sustentável.

Presente na audiência, o secretário do Meio Ambiente do Estado da Bahia, Eugênio Spengler, destacou que as novas audiências permitirão que os 27 Colegiados Territoriais possam interagir e discutir as possibilidades propostas pelo ZEE. “As audiências são totalmente inclusivas. Todo cidadão, de qualquer segmento da sociedade pode participar dos encontros”, destacou. “A iniciativa deve ser uma ferramenta de inclusão, destacando as potencialidade econômicas e naturais do nosso estado, visando garantir um desenvolvimento integrado e sustentável”.

Spengler destacou ainda a relevância do ZEE, destacando que o mesmo está em construção constante, podendo ser sempre em aperfeiçoamento. “A audiência é importante e necessária para que possamos pensar em uma estratégia de desenvolvimento que leve, de fato, à condições de um processo mais igual para o zoneamento”, disse Spengler. “Por outro lado também é imprescindível para um melhor planejamento setorial, onde nós poderemos ter a capacidade de quando se pensar no planejamento, por exemplo, da expansão da indústria, termos mais base e melhores condições para projetar o setor industrial”.

De acordo com o prefeito de Amélia Rodrigues e presidente do Consórcio Portal do Sertão, Antônio Paim, “a definição de um ZEE facilita a gestão ambiental no Estado e, em especial, na sua região, delineia potencialidade e desafios para o desenvolvimento dos municípios”. Já para o secretário de Meio Ambiente do município de Feira de Santana, Roberto Tourinho,  a expectativa é que o evento permita que os municipios avancem em politicas cada vez mais efetivas. “É preciso aproveitar esse momento (da audiência pública) para esclarecer vários pontos, apresentar as nossas contribuições e realmente nos apropriarmos do ZEE, que é uma ferramenta bastante importante para o zoneamento ecológico de uma forma mais eficaz”.

Fonte: Ascom/Sema

  • Próximas Audiências

    • Nenhum evento